Livros que estou lendo no momento. (Resenha em breve)

20.7.17

Resenha #0012: Tilly - Frank Peretti

Kathy Ross olhou novamente para o túmulo. Agora ela podia ver com clareza. Trazia um único nome: Tilly.

Ela não conseguia - nem queria - desviar os olhos. Abaixando-se para enxergar melhor, viu apenas uma data. Nove anos atrás.

Kathy e Dan Ross são um jovem casal semelhante a muitos outros. Ninguém jamais poderia imaginar os segredos que lhes corroíam a alma, até Kathy ser cativada por um simples nome numa pequenina pedra tumular. 

A partir de então suas vidas mudam para sempre.

Mas quem é Tilly? Que segredos esse casal tem em comum?

Vamos conferir? ;)

Bom, tudo começa em um enterro de um homem pouco conhecido na cidade chamado Frank Smith, o dono da banca de jornais. Sabe como é, ninguém nunca sabe o nome deles. Kathy e Dan foram uma das poucas pessoas que compareceram no enterro. Na verdade, foram os únicos, além, é claro, do pastor Taylor, que ministrou a oração no culto fúnebre. Era para ser um simples enterro.

Mas não foi.

Dando o culto por encerrado, Kathy e Dan se despedem do Pastor Taylor e se dirigem para o carro. Antes, porém, que Kathy entrasse, uma jovem se ajoelha diante de um pequeno túmulo, mais ou menos do tamanho de uma caixa de sapatos, e começa a chorar abafadamente. Impelida pela curiosidade, Kathy decide se aproximar da jovem para oferecer alguma ajuda ou quem sabe consolo. Dan tenta agarrá-la pelo braço, alegando que a menina talvez precisava apenas ficar sozinha velando ou lembrando a perda de algum parente. Mas Kathy não resistiu à tentação.

Ao se aproximar do túmulo, a curiosa esposa de Dan percebeu que havia sido inscrito ali na pedra um nome familiar: Tilly. Foi aí que tudo mudou para ela. Assustada, a jovem que choramingava saiu em disparada pelo cemitério, como se tivesse algo a esconder. Mas o quê? O que teria de errado em visitar uma tumba e deixar algumas rosas e margaridas como demonstração de saudade e afeto?

Ou talvez minimizar sua culpa. 

* * * 
 Kathy, confusa, decide voltar para o carro e ir para casa descansar. Mas alguns pensamentos do passado voltam à tona. Por que ela fez aquilo anos atrás? Será que Deus a havia perdoado? Por que isso voltou à sua mente logo agora depois daquele encontro? Kathy então vai para o quarto, deita na cama e tenta dormir para se desviar dos pensamentos de dor. E é então que o sonho começa.

Em seu sonho, Kathy se levanta da cama e vê várias crianças brincando em seu quintal. Crianças brancas, negras, pardas e morenas. Altas, baixas e médias. De várias idades diferentes. Irritada, ela decide sair para o quintal para afugentar todas elas. Entretanto, todas alegam não ter pai nem mãe. Nem casa. Depois de alguns minutos e de muita discussão - às vezes até engraçadas - ela finalmente convence as crianças a saírem do seu quintal. Exausta e sem entender nada, entra pela porta da sala e, para a sua surpresa, avista uma menininha linda e carinhosa.

 Era Tilly.

* * * 
Enquanto Kathy dorme tranquilamete Ross tenta descobrir quem é a jovem misteriosa que chorava ajoelhada à beira do pequeno túmulo com a inscrição do nome Tilly. Dan corre atrás do Pastor Taylor e do coveiro do cemitério para saber quem ela era e por que ela fugiu quando Kathy havia se aproximado. Mas nem todos estão dispostos a ajudar. Algo muito estranho estava escondido por trás dessa história.

Kathy continua sonhando com Tilly. Na verdade, Kathy está no céu. E Tilly também. Mas por que no céu? Por que Kathy está se sentindo culpada depois de ter lido o nome Tilly e agora está sonhando com ela? 

Vou parar por aqui. (me perdoem!) Mas vocês precisam ler o livro para desvendar o mistério. O livro deixa algumas perguntas em aberto, forçando o leitor a raciocinar e encaixar todas as peças do quebra-cabeça sozinho. Nunca havia lido um livro assim, que não respondesse todas as minhas perguntas. Foi uma surpresa. Uma surpresa boa.

Gostaram da resenha? Se quiserem ler o livro digital, disponibilizo o link aqui em baixo para download. Visto que é um livro antigo e já não é mais comercializado, não vejo problema em baixá-lo.

Curtam, comentem, sigam no face, cadastrem-se no link "cadastra-se" e visitem o blog sempre que desejarem. Postarei resenhas aqui com altíssima frequência. :)


Pontuação:

Capa: 3/5
Conteúdo: 3/5
Proveito Espiritual: 3/5


2 comentários:

  1. Olá! Cheguei aqui pelo skoob. É sempre bom conhecer blogs cristãos que falem sobre literatura.

    É bom também saber que mais alguém conhece esse livro rs.

    Gostei do seu trabalho. Parabéns e sucesso!!!
    cafeebonslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Acabei de visitar seu blog. Parabéns pelo conteúdo! Sim, Tilly é uma leitura muito bacana e vale muito a pena para conhecer as primeiras obras de Peretti. Depois que li "Este Mundo Tenebroso" confesso outros livros de outros autores passaram a perder a graça. Rs

    ResponderExcluir

 renata massa