1.8.17

Resenha #0015: As Crônicas Doppelganger - A Primeira Fuga - G.P. Taylor

O que você acha que aconteceria se duas gêmeas super travessas fossem abandonadas pelos seus pais em um orfanato doido onde tudo - tudo mesmo - é possível? 

Um orfanato dirigido por uma diretora maquiavélica sedenta por fazer todo o possível para tornar as vidas dos órfãos um verdadeiro inferno. Um orfanato onde as crianças comem todos os dias a mesma refeição - mingau velho. Eca!

É nesse orfanato onde vivem as duas gêmeas mais levadas - e engraçadas - de toda a Inglaterra! Saskia e Sadie Doppler. 

Quase todos os dias elas aprontam uma. Só que com a ajuda de Erik Ganger nesse livro elas vão se meter na maior das aventuras de suas vidas. Elas só não esperavam que um personagem misterioso iria ajudá-las.

Vamos conferir? ;)



Autor: G.P. Taylor
Páginas: 280
Editora: Geográfica Editora
Gênero: Ficção / HQ
Skoob: Clique aqui
 Classificação 



A história se passa no Orfanato Isambard Dustan para Crianças Rebeldes. Um milionário explorador chamado Dustan há muitos anos antes de morrer decidiu doar sua mansão para a prefeitura com o intuito de torná-la um lar para crianças abandonadas pelos pais, mas ninguém que vivia a infelicidade de morar ali tinha certeza se isso era uma bênção ou uma maldição. A vida no orfanato era simplesmente horrível.

Apesar de ser um orfanato especializado somente em crianças do sexo feminino, por algum motivo a diretora Rimmer - a essa diretora! grrr... - acabou adotando um garoto para realizar as tarefas pesadas de faxina como varrer TODA a mansão sozinho, lavar TODOS os banheiros sozinho, limpar TODOS os quartos sozinho, lavar TODA a louça sozinho etc. Seu nome é Erik Morrissey Ganger. Daí que vem o nome da série. É uma junção dos sobrenomes das gêmeas "Doppel" com o sobrenome de Erik "Ganger". Resultando em um nome composto "Doppelganger".

Logo no início da história, digamos que no capítulo 2, surge uma nova personagem. Uma senhora idosa e muito simpática chamada Muzz Elliot. A senhora Elliot é viúva e ganha a vida como escritora. Vencedora de vários prêmios de literatura, ela mora em uma mansão junto com Brummagem, seu motorista e mordomo. Um cara estranho... Bom, acontece que quando Muzz Elliot aparece no Orfanato Isambard Dustan, ela decide que só deseja levar uma única menina. E justamente quem?


- Então, Muzz Elliot – perguntou a senhorita Rimmer. - Vai levá-las?
Muzz Elliot pensou um pouco enquanto batia na bota de modo ameaçador. Sadie e Sakia prenderam a respiração enquanto o olhar se deslocava de uma para a outra. Elas temiam o pior – que, enfim, aconteceu.
- Aquela – Muzz Elliot disse, apontando o chicote para Saskia.
- Vou levá-la. A outra tem um sorriso fraco, e pode ficar.
- FICAR? – engasgou a senhorita Rimmer, falando com voz aguda e alarmada.
 - Só uma? Elas vieram juntas... São irmãs.
- Uma ou nenhuma – Muzz Elliot disse calmamente.


É isso mesmo. Muzz Elliot decide levar somente uma das gêmeas. Saskia Doppler. E é aqui que a aventura toda realmente começa.

As gêmeas doppler são simplesmente inseparáveis. Elas nunca passaram um único dia longe uma da outra. Dormem no mesmo quarto. Almoçam juntas. Brincam juntas. Fazem travessuras juntas. Nasceram juntas! Mas a vida não é sempre justa. E quem disse que elas se importam sobre como a vida é? Elas vão dar um jeito nisso. Uma Doppel nunca abandona a outra. Jamais. Após a dramática saída de Saskia do orfanato, Sadia se une com Erik Morrissey Ganger e bolam um plano para fugirem do orfanato na calada da noite. O plano dá certo, mas não foi tão fácil assim.

* * * 

Enquanto isso, Saskia tenta se adaptar à nova casa junto com a senhora Muzz Elliot. Uma vez que ela é rica e continua trabalhando como escritora, Elliot passa a maior parte do tempo trancada no escritório escrevendo novos livros, aventuras e mistérios. Opa, você mencionou a palavra "mistério"? Sim. E você vai entender agora o porquê.

Há um grande mistério na casa da bondosa velhinha Elliot. Seu falecido avô, Oscar Elliot, morreu há muitos anos e deixou um tesouro inestimável escondido dentro da casa. O problema é que antes de ele morrer, em seu testamento, ele afirma que infelizmente não se lembra de onde o guardou! Mas se lembra perfeitamente de tê-lo escondido em um lugar muito seguro e que a quantia era simplesmente exorbitante. Agora, alguns parentes da senhora Elliot estão tentando fazer contato através de técnicas um tanto anormais para entrar em contato com o senhor Oscar e descobrir onde está o tesouro. Eles tentam usar técnicas espíritas como "abduzir pessoas" e "trazer os mortos de volta em novos corpos" para descobrir o paredeiro do tesouro. 

Mas tudo não passa de uma grande farsa.

Não há como trazer mortos de volta à vida nem falar com o senhor Oscar Elliot. Tudo isso é um grande jogo para ganhar tempo, enganar a Muzz Elliot e tentar encontrar o tesouro perdido enquanto a velha fica achando que está sendo ajudada pelos parentes. Mas Há uma personagem extra nessa história. Uma personagem que nem eu mesmo contava que poderia aparecer.

Há mais uma gêmea na casa da Muzz Elliot! E ela também quer achar o dinheiro escondido.

Esqueci de falar também da Madame Raphael. O anjo que aparece vez ou outra para ajudar e proteger Saskia dos perigos da casa dos Elliot.

Anjo? Opa. Acho que falei demais.

* * * 

Vou parar por aqui para não soltar mais spoilers. Bom, essa é uma série de 3 livros. Posso dizer que a aventura e o mistério do dinheiro escondido foram muito bem tramados, mas confesso que o livro cumpre bem o que promete "uma aventura infanto-juvenil". É uma leitura fácil, rápida e que pode ser finalizada em uma única sentada. Eu o li em duas sentadas porque não queria desvendar o mistério todo de uma vez. Queria ficar pensando e tentando descobrir quem estava por trás de tudo.

Ah, já ia me esquecendo! Esse livro traz uma proposta inovada. Ela é conhecida como "aventura ilustrada", ou seja, reúne textos literais como em um livro comum e mais algumas partes em forma de quadrinhos. Então, se você ama ler e também é fascinado por quadrinhos, você vai simplesmente adorar essa trilogia. A arte gráfica e a qualidade dos quadrinhos foram excepcionais. Eles deram vida à história. Você não precisa imaginar a fisionomia das personagens. O autor simplesmente te dá tudo de mão beijada. Dê uma olhada nas fotos abaixo para você ter uma ideia do que eu estou falando. 

Bom, é isso. Gostaram da resenha? Então comentem, curtam, cadastrem-se por e-mail e compartilhem com seus amigos. Curtam também a nossa page no facebook. :)

Teaser no Youtube: Vídeo demonstrativo


Gostaram da dica? Então curtam minha página no facebook AQUI e me ajude a divulgar esse blog. Deixe um comentário se você gostou da minha resenha e se inscreva nas minhas redes sociais e tenha acesso a todo o meu conteúdo atualizado diariamente!

Facebook: Curtir Página


Instagram: Seguir no Instagram



FOTOS
(a versão em português é totalmente preta e branca)









2 comentários:

  1. Muito bom. Gosto bastante de livros assim. Já está em minha lista!

    ResponderExcluir
  2. Livro excelentes para faixa etária da pré adolescência e adolescência. Para as meninas acredito que até uns quinze anos ainda leriam um livro desses estilo. Aos meninos, acredito que os interessariam bem mais.
    Instiga curiosidade e criatividade. Foge um pouco das leituras convencionais e não deixa de ser uma trilogia, que está tão em alta nos tempos vigentes, não é não??
    O ponto positivo dessa leitura é que, como defendo fielmente a busca por bons conteúdos para nossa mente, alma e coração, essas histórias dessa coleção é um tanto melhorada e de descontração, diversão. Não vejo porquê não ler! Tem aquela pitada de inocência e leveza. O restante fica ao encargo da imaginação de cada um e uma ótima viagem cheia de aventuras!

    ResponderExcluir

Resenhas mais antigas:

Livros que estou lendo no momento. (Resenha em breve)

 renata massa