11.8.17

Resenha #0018: O Fim do Sofrimento - Maurício Zágari

O sofrimento é uma indesejável realidade da vida. A Bíblia está repleta de histórias de homens e mulheres tementes a Deus que passaram por aflições e dificuldades, luto e depressão, doenças e perdas, mortes e flagelos.

Por que seria diferente com a gente?

Mas....todo sofrimento tem um FIM. Não o "fim" que você espera, ou seja, o "final", mas sim o "fim" que Deus almeja, ou seja, a "finalidade" ou o "propósito". Todo sofrimento tem um propósito em nossas vidas e é exatamente isso o que Maurício Zágari nos propõe nessa maravilhosa obra. Esse foi um livro que me edificou muito. Espero que te edifique também.


Vamos conferir? ;) 


Autor: Maurício Zágari
Editora: Mundo Cristão
Gênero: Inspiração
Páginas: 173  
Skoob: Clique aqui  

Classificação

Sinopse
Em O fim do sofrimento – um livro para quem busca consolo e esperança nos momentos mais sombrios, Maurício Zágari compartilha poderosas reflexões baseadas nas Escrituras e que têm por objetivo fortalecer e orientar todos aqueles que estão tristes, fracos ou abatidos.

Estruturado em torno de trinta afirmações que pessoas em sofrimento costumam expressar, frases como: “Estou atravessando o vale”, “Não consigo mais sorrir”, “Minha vida acabou”, “Acho que Deus não me ama”, entre outras, o autor fala sobre o FIM do sofrimento, não apenas no sentido de extinção, término e chegada ao ponto final do tempo de luta, mas também sofre o seu FIM no sentido de finalidade e propósito e que pode ser usado por Deus para nos moldar, aperfeiçoar e ensinar lições que serão extremamente úteis para nós mesmos e para as pessoas o nosso redor.

Um livro inspirador, que revela uma nova atitude, poderosa e eficaz, e que conduz os leitores da tristeza para o descanso nas promessas infalíveis da Palavra de Deus.

Resenha

Ninguém quer sofrer. Essa é a mais pura verdade. Acontece que sem sofrimento não há crescimento. Nem espiritual nem moral. Ele é uma das ferramentas mais eficazes que Deus usou na vida de seus servos para fazê-los amadurecerem e crescerem espiritualmente. A Bíblia está recheada de personagens que receberam promessas maravilhosas de Deus, porém tiveram que passar por bons bocados antes de recebê-las. Pessoas como Abraão, José, Moisés, Ana, Davi, Daniel, Oseias, Maria, Estevão, Paulo.... e não poderíamos esquecer do próprio Jesus. Partindo desse princípio, podemos supor com segurança que o sofrimento fará parte de nossas vidas. Para uns ele dura pouco tempo; para outros, mais do que o desejado. Mas a verdade é que no final os propósitos de Deus são sempre alcançados. E só entendemos esse propósito quando o período de dor termina. Mas o que fazer "enquanto ainda passamos por ele"? É isso o que Zágari nos ensina ao longo dessa obra.


Maurício trata de assuntos e questionamentos cruciais que todos os cristãos fazem durante um período de prova. Cada capítulo foi escrito de maneira bem curta e tem no máximo umas três ou quatro páginas. No final de cada capítulo há uma seção onde o autor expõe uma pergunta que os leitores costumam fazer a Deus, em seguida ele dá uma resposta baseada na Bíblia. Após essa parte, ele insere uma última seção intitulada "Aos pés do Salvador", onde nos é apresentado um breve modelo de oração que podemos usar como exemplo para nos comunicarmos com Deus em relação ao problema exposto naquele capítulo. Uma atitude bastante criativa e cativante. Veja a foto:




Eu não posso deixar de dizer que esse livro tocou muito o meu coração. Primeiro porque ele não é o tipo de obra em que você se senta e devora de uma só vez. Não, não. O livro não teria o mesmo proveito se fosse lido assim. Eu aconselho você a lê-lo usando uma abordagem devocional, ou seja, lendo todos os dias pela manhã um capítulo. Ao final de 30 dias você terá lido toda a obra com apenas 10 minutos por dia e se sentirá imensamente edificado pela graça e pelo conforto que a Palavra de Deus tem para te passar. São vários versículos que o autor utiliza ao longo dos capítulos que nos trazem esperança e renovo espiritual. Eu simplesmente ficava ansioso para a próxima leitura . ̶N̶ã̶o̶ ̶c̶o̶n̶t̶e̶ ̶a̶ ̶n̶i̶n̶g̶u̶é̶m̶,̶ ̶m̶a̶s̶ ̶à̶s̶ ̶v̶e̶z̶e̶s̶ ̶e̶u̶ ̶l̶i̶a̶ ̶d̶o̶i̶s̶ ̶c̶a̶p̶í̶t̶u̶l̶o̶s̶ ̶n̶o̶ ̶m̶e̶s̶m̶o̶ ̶d̶i̶a̶!̶ ̶M̶a̶s̶ ̶i̶s̶s̶o̶ ̶f̶i̶c̶a̶ ̶e̶n̶t̶r̶e̶ ̶n̶ó̶s̶,̶ ̶t̶u̶d̶o̶ ̶b̶e̶m̶?

Olha, são tantos trechos do livro que eu destaquei para reler mais tarde que não tem nem como compartilhar todos com vocês, só lendo o livro mesmo para saber. Então decidi inserir aqui somente três trechos que mais me impactaram, embora haja outros (bem maiores) que eu tenha adorado. Vamos dar uma olhada?


À luz da Bíblia, o sofrimento muitas vezes é como a agulha de uma injeção: a picada dói, mas evita que um mal muito mais grave venha a nos prejudicar. 
Página: 14

O que fazer então enquanto o sofrimento não passa? Murmurar, revoltar-se, brigar com Deus? A história do povo de Israel em sua peregrinação pelo deserto prova que esse não é um caminho muito produtivo.
 Página: 15


O que fazer então enquanto o sofrimento não passa? Murmurar, revoltar-se, brigar com Deus? A história do povo de Israel em sua peregrinação pelo deserto prova que esse não é um caminho muito produtivo. 
Página: 15

O fato de Deus decidir não atender à nossa oração mostra o alcance de nossa fé, estimula a nossa perseverança e prova até onde estamos dispostos a segui-lo tendo "somente" a graça divina para nos conduzir. O silêncio diante de uma oração é a maneira pela qual Deus mostra quem somos: perseverantes ou negligentes, fiéis ou descompromissados, gratos ou interesseiros.
 Página: 139

Bom, para não deixar essa resenha muito longa, vou terminar por aqui. Mas não posso deixar de te passar uma mensagem:

Se você está buscando consolo e esperança nos momentos mais sombrios da sua vida...
Se você está passando por provas e tribulações insuportáveis...
Se você acha que Deus te abandonou e que não se importa com sua vida...

Esse livro foi escrito exatamente para você. Um livro gostoso. Um livro reconfortante. Um livro amigo.

Tirei algumas fotos do livro para vocês apreciarem a obra. O formato dele é pequeno e gostoso de segurar. A impressão que temos é de estarmos conversando com o próprio autor.
Adorei cada detalhe. Um livro escrito por um homem, mas inspirado pelo Criador.

* * *  
Gostaram da resenha? Então comentem, compartilhem com seus amigos, se inscrevam no blog no link "cadastre-se" para receberem minhas resenhas direto no seu e-mail e curtam nossa page no facebook. Temos muitos sorteios e prêmios regularmente por lá. :)

Foto no final da página.

Acompanhe pelas redes sociais:


Facebook: Curtir Página          



6 comentários:

  1. Show!!! Eu tenho esse livro mas não li ainda. Gosto da abordagem do Zagari e a maneira como ele escreve tbm, simples e fácil de entender e se relacionar. Obrigada pela resenha!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zágari escreve muito bem. Eu adoro seus livros. :)

      Excluir
  2. Não conheço nenhum livro desse autor Zagari. Entretanto, aqui vai meu comentário:
    Vez ou outra eu tenho a sensação de que as pessoas estão negando buscar lições sobre a vida! Sabe, estou falando de aprendizagens que nos moldam e nos levam a uma atmosfera de reflexão. A percepção sobre o mundo está muito cítrica. Quero dizer, existe uma percepção do homem para com as coisas que lhe cercam, entretanto, que nos provoca caretas e não nos agrega um aproveito de determinada conclusão de um fato.. Em nada, ou minimamente, nos fazem vê a Soberania do nosso Deus. As pessoas tornaram-se cítricas! Não são agradáveis.
    Pela resenha do livro, obtive uma Impressão de que, pela leitura, aprenderemos exatamente como tirar proveito de uma situação ruim. Se um sofrimento lhe alcançar,, há como fazer de um periodo de tristeza, uma fase de aprendizagem. Por isso falei anteriormente sobre lições que nos moldam. É isso está ausente em nossos tempos. Os dias são difíceis, são sim. Porém, há uma esperança na nossa caminhada. Há uma solução para nossos problemas. Não precisamos nos tornar pessoas azedas e de presença ruim, com sentimentos ruins e ações negativas.
    Bom, esses assuntos de reflexões da vida me fazem falar por tempos e tempos. Vou encerrar por aqui.
    Estou curiosa para conhecer esse autor. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo, talita! Eu conheci esse autor há pouco tempo e já virei seu fã. :)

      Excluir

Resenhas mais antigas:

Livros que estou lendo no momento. (Resenha em breve)

 renata massa